Veste Esquerda

Veste Esquerda
Clara Zetkin
  • Clara Zetkin - Foto 1
  • Clara Zetkin - Foto 2
  • Clara Zetkin - Foto 3
  • Clara Zetkin - Foto 4
  • Clara Zetkin - Foto 5
  • Clara Zetkin - Foto 6
  • Clara Zetkin - Foto 7

Camiseta Clara Zetkin

Clara Zetkin foi uma feminista antifascista que impulsionou o Dia Internacional da Mulher

R$ 50,00

Em até 10x de R$ 5,86

Escolha a cor:

Branca
Lilás
Bordô
Preta
Cinza Mescla
Vermelha

Escolha modelo e tamanho:

Simule frete e prazos:

Calculando Frete!
Prazo de produção: até 10 dias além do prazo de entrega.

Código: 0061

Categoria: | Movimento Feminista | Revolucionários | Socialismo |

Camiseta 100% algodão, muito confortável

Fio 30, malha penteada

Costura reforçada, ombro a ombro

Estampa em serigrafia

A camiseta pode encolher até 5% após a primeira lavagem

Descrição:

A feminista antifascista que impulsionou o Dia Internacional da Mulher

No inicio do século 20, o incipiente movimento feminista começa a se organizar no interior das fábricas na Europa e nos EUA visando deflagrar uma campanha dentro do movimento socialista para reivindicar melhores condições de trabalho — que eram ainda piores que a dos homens proletarizados, chegando a ter jornadas de 16h por dia, seis dias por semana.

Enquanto crescia o movimento no interior das fábricas, a marxista Clara Zetkin propôs, em agosto de 1910, na Segunda Conferência Internacional das Mulheres Socialistas, a criação de uma jornada de manifestações anualmente, a fim de paralisar as fábricas para chamar a atenção da sociedade às demandas feministas. A conferência, realizada em Copenhague, Dinamarca, reuniu mais de 100 mulheres de 17 países que pertenciam a sindicatos, partidos socialistas, associações de trabalhadoras e as 3 primeiras mulheres eleitas no parlamento da Finlândia. A proposta de Zetkin foi aprovada e assim se celebrou pela primeira vez na Áustria, Dinamarca, Suíça e Alemanha o Dia Internacional da Mulher.

 

Quem foi Clara Zetkin?
Socialista, marxista e feminista, Clara Zetkin nasceu em Königshain-Wiederau, Alemanha, em 5 de julho de 1857. Estudou direito e começou a ter contato com movimentos operários alemães em 1874. Quatro anos depois, inicia sua militância no Partido dos Trabalhadores Socialistas (SAP), que se converte no Partido Social-democráta Alemão (SPD) em 1890. Zetkin torna-se uma das principais referências dentro da organização.

Em 1882, Zetkin se exila na Suíça e França por causa da proibição do governo Bismack em manter os movimentos comunistas na legalidade. Em Paris, é uma das criadoras da Internacional Socialista e começa a editar livros na clandestinidade. Sua principal luta foi pelo sufrágio feminino, revindicado por uma ótica marxista de classe, e a denuncia certeira sobre os perigos que a ascensão do fascismo traria à humanidade.

 

Principais passagens em vida foram:

1891: Com sua amiga íntima Rosa Luxemburgo, assassinada em Berlin em 1919, editou entre 1891 e 1917 o jornal “Die Gleichheit” (A Igualdade), uma revista bimensal para mulheres operárias.

1907: Naquele ano, 10.500 mulheres formavam parte do SPD e criaram a primeira Conferência Internacional das Mulheres Socialistas em Stuttgart, Alemanha, onde fundaram a Internacional Socialista das Mulheres, cuja Zetkin se tornou a Secretária Internacional.

1916: Durante a Primeira Guerra Mundial, foi abertamente antibelicista e presa diversas vezes por ser contrária a guerra. Essa posição a leva romper com o SPD e no mesmo ano se torna uma das fundadoras do Partido Socialdemocrata Independente Alemão (USPD).

1919: Participa da Revolução Alemã e se une ao Partido Comunista Alemão (KPD).

1920: Entrevista Lenin e publica seu famoso artigo “Lenin sobre a questão feminina”. Zetkin se torna esse ano deputada do KPD no Congresso da República de Weimar.

Entre 1921 e 1933: ocupa diferentes postos dentro da esquerda alemã, tanto nos órgãos do partido como no Comitê Internacional Socialista.

1933: Diante da chegada dos nazistas ao poder se exila na União Soviética.

Clara Zetkin morre aos 76 anos em Moscou, capital russa, em 20 de junho de 1933. Em sua vida pessoal, teve filhos com o revolucionários russo Ossip Zetkin, que faleceu em 1889. Posteriormente, se casou com o pintor alemão Georg Friedrich Zundel, 18 anos mais jovem que ela, até o divorcio que aconteceu em 1927.

 

Por Autonomia Literária

 

 

#PraCegoVer

 

Camiseta lilás, bordo, vermelha e preta – Frase: De mãos dadas como o homem de sua classe, a mulher proletária luta contra a sociedade capitalista" Clara Zetkin nas cores branca e amarela.

Camiseta branca e cinza mescla – Frase: De mãos dadas como o homem de sua classe, a mulher proletária luta contra a sociedade capitalista" Clara Zetkin nas cores preta e lilás.

Medidas:

Medidas!

Clara ZetkinConfira opiniões e avaliações de clientes!

Enviando Comentário Fechar :/

Resumo do pedido:

Nenhum item foi adicionado ao carrinho!

Receba as Novidades:

Formas de pagamento:

Logotipos de meios de pagamento do PagSeguro

Carrinho
Você adicionou a sua lista de compras. O que deseja fazer agora?
Continuar Comprando! Fechar Compra!
X

Contato:

Aguarde, enviando contato!