Carrinho
Você adicionou a sua lista de compras. O que deseja fazer agora?
Continuar Comprando! Fechar Compra!
X

Contato:

Aguarde, enviando contato!

Veste Esquerda

Veste Esquerda
Ninguém solta a mão de ninguém
  • Ninguém solta a mão de ninguém - Foto 1
  • Ninguém solta a mão de ninguém - Foto 2
  • Ninguém solta a mão de ninguém - Foto 3
  • Ninguém solta a mão de ninguém - Foto 4
  • Ninguém solta a mão de ninguém - Foto 5
  • Ninguém solta a mão de ninguém - Foto 6

Ninguém solta a mão de ninguém

Parte do valor da venda será doado para instituições que apoiam mulheres em situação de vulnerabilidade

Código: 0040

Categoria: | Diversas | Movimento Feminista | Movimento Social |

R$ 44,90

Em até 8x de R$ 6,39

Camiseta 100% algodão, muito confortável

Fio 30, malha penteada

Costura reforçada, ombro a ombro

Estampa em serigrafia

A camiseta pode encolher até 5% após a primeira lavagem

Escolha a cor:

Preta
Cinza Mescla
Bordô
Branca
Vermelha
Lilás

As medidas estão em centímetros e servem como referência. Pode haver variação de até 2cm.

Medidas!

Escolha modelo e tamanho:

Baby Look


Camiseta


Simule frete e prazos:

Calculando Frete!
Prazo de produção: até 10 dias além do prazo de entrega.

Descrição:

ARTISTA:
Tatuadora e artista mineira Thereza Nardelli - Zangadas_tatu  criou a ilustração que viralizou nas redes sociais após a divulgação do resultado das eleições. Sua inspiração foi em algo que sua mãe sempre lhe disse como incentivo e reconforto em momentos difíceis.

PARCERIA:
Parte do valor da venda será doado para instituições que apoiam mulheres em situação de vulnerabilidade

ORIGEM:
Depois da confirmação da eleição de Jair Bolsonaro como próximo presidente do Brasil, ao sentimento de incerteza com o futuro do país que já era inevitável, somou-se o temor, especialmente por parte da população LGBT, negra, feminina e indígena, diante das abomináveis declarações e atitudes que marcaram a trajetória de Bolsonaro até a presidência.

Uma ilustração que captou o espírito do momento e o reafirmou em um sentido de união e resistência então viralizou – trazendo duas mãos entrelaçadas com uma flor entre elas, e a frase: ninguém solta a mão de ninguém.

Esse era o grito de pavor que ecoava nos barracos improvisados onde funcionava o Curso de Ciências Sociais da USP, nos Anos de Chumbo. De noite, quando as luzes das salas de aula eram repentinamente apagadas, os estudantes buscavam as mãos uns dos outros e se agarravam ao pilar mais próximo. Depois, quando as luzes acendiam, faziam uma chamada entre eles. Muitas vezes acontecia de um colega não responder, pois já não estava mais lá...

REFORÇAMOS:
Ninguém solta a mão de ninguém! Seremos resistência!



>> Desenho gentilmente cedido pela artista <<

Medidas:

Medidas!

Ninguém solta a mão de ninguémConfira opiniões e avaliações de clientes!

Enviando Comentário Fechar :/

Resumo do pedido:

Nenhum item foi adicionado ao carrinho!

Receba as Novidades:

Formas de pagamento:

Logotipos de meios de pagamento do PagSeguro